Entrevista com Wolfgang Oslen

Home » Nutrição e Performance » Entrevista com Wolfgang Oslen

Entrevista com Wolfgang Oslen
Julia Engel
Por Julia Engel

Nos dia 13 de Abril de 2014 ocorreu em Nova Friburgo o Montanha Cup, uma tradicional prova de maratona de bike (foto do percurso abaixo). Entrevisto hoje para o blog o atleta Wolfgang Soares Olsen, de 21 anos, campeão na categoria Elite e geral do campeonato. Ele completou o circuito de 44 km cronometrados em 1:41:21. “O Montanha Cup é uma tradicional prova de maratona no estado do Rio de Janeiro, sempre marcante pelos belos percursos e organização impecável. Gosto de participar desse evento sempre que posso.”

Após ver a prova fiquei interessada em saber um pouco mais sobre a alimentação, treinos, suplementação e cuidados de um profissional que, desde tão novo, se destaca bastante diante dos concorrentes.

Wolfgang é ciclista profissional, natural de Petrópolis, e começou a pedalar em 2002 nas trilhas perto de sua casa. Participou de sua primeira competição de MTB em 2007. Como atleta profissional, ele compete em torno de 20 a 30 provas por ano. “Costumo competir 80 % das provas no molde olímpico, que se chama Cross Country Olímpico, 15% maratonas e o restante corro as vezes provas de ciclismo para ajudar a preparação.”

Altimetria MCup 2014

Colecionador de títulos, Wolfgang é o terceiro melhor brasileiro na categoria sub-23 no ranking UCI (entidade máxima no esporte), nesse ranking que são convocados os atletas para pan-americanos, mundiais e olimpíadas. Quatro vezes campeão estadual de XCO 2010 a 2013, duas vezes campeão estadual de maratona 2010 e 2012, 4 colocado na copa internacional de Mountain Bike 2013 (maior evento de XCO da América latina com quatro etapas ao longo do ano) e 4 lugar no Latino-Americano 2013 (Argentina).

Quando perguntei sobre como havia sido a prova, ele respondeu: “Em Friburgo, vivi uma aventura engraçada, pois na tarde anterior competi o Xterra em Paraty, uma prova de 43 km marcante pelo intenso calor. Estou numa fase física muito boa, com isso resolvi me aventurar e participar dos dois eventos, já que estou numa fase de sobrecarga para os eventos mais importantes que virão em Maio. No sábado (véspera do Montanha cup) consegui fazer uma grande prova, o suíço Lukas Kauffman e eu chegamos numa bela disputa pela primeira e segunda colocação geral, por 3 segundos não venci na geral, porém, garanti a primeira colocação na minha categoria Sub-23 e um belo segundo geral. Saí tarde e passei a madrugada na estrada!”

Julia Engel – E como foi durante a prova de Domingo?
Wolfgang – Praticamente sem dormir, larguei as 9h da manha o Montanha Cup. Durante a prova, minha tática para domingo era basicamente a mesma de sábado, me hidratar e me alimentar o máximo que puder e deixar para usar a força na hora certa. Quando chegamos na primeira serra, me sentia muito bem e resolvi arriscar, já que estava bem. Deu certo e aguentei ir sozinho até o fim.”

Sobre os treinos, Wolfgang diz que costuma treinar sozinho. Faz musculação e corre a pé no período de base. Treina de bike entre cinco a sete vezes por semana. Entre 1 a 4 horas por dia.

Sobre a nutrição, ele diz que se preocupa principalmente com a recuperação, sistema imune e energia para os treinos. “Desde criança me alimento bem, muitas frutas, legumes, verduras, arroz integral, carne vermelha, peixe, carne de porco, frango (tudo na hora certa, calculado por nutricionista). No Pré sempre incluo o carboidrato e após, na hora do almoço, sempre uma salada bem variada, e o típico almoço brasileiro – arroz e feijão”. Além disso, ele confessa que o chocolate é seu ponto fraco.

Wolfgang

Sobre a suplementação, durante as provas costuma usar sport drinks, aminoácios, géis de carbo. Diz que já sentiu desconforto com carboidratos muito concentrados e mal digeridos durante a prova, por isso, atualmente gosta de diluir mais as bebidas. Em sua rotina ele intercala algumas suplementações estratégicas como: ômega 3, creatina, beta alanina, vitaminas, proteína e glutamina. Além de repositores de carboidratos.

Quando pergunto sobre seu peso, ele diz que oscila no máximo até 4 quilos entre férias e períodos de treinamento intenso. Mas que a “fórmula ideal para as provas” é “mais força muscular e bem leve”.

Para finalizar, perguntei se ele evoluiu quando iniciou o acompanhamento nutricional e a suplementação “Sim, melhorei demais. Fez realmente bastante diferença”.

Obrigada Wolfgang… Foi um prazer falar com você! Parabéns pelos títulos e que venham muitos outros.


 

Julia Engel

 
Nutricionista graduada na UFRJ e pós graduada em nutrição esportiva pela mesma universidade.
Além de atender em seu consultório próprio localizado em Ipanema no Rio de Janeiro, também é nutricionista da rede de academia Body Tech.
Colunista de importantes sites da área de saúde e atividade física, atuou também durante anos escrevendo a coluna -Nutrição Esportiva- no jornal A Voz da Serra.
Palestrante em congresso da área, Julia Engel ministra cursos de nutrição esportiva englobando fisiologia do exercício.

Posted on

Powered by